Por agora

Por agora

Anúncios

Hiato

Hiato ou hífen? Agora não importa

Como me farei nesses tempos?

Como me reerguirei ?

Ou o que coseguirei…

As liberdades sofrem restrições

Não me curvo

Aceito leito de rio

Lembrar Um rio verde

é meu alento

Meu trabalho vai precisar

do átimo, do ótimo, do tempo

do reparo

Uma queda me acidentou

Um mísero vento

Noites sem dormência

Hiato ou hífen, eu nem sei

Os dias seguirão

O que eu fazia será o depois

Mara

Dois dias após cair de moto, caí na escada na faxina de sexta-feira. Fiz corte no braço, me aturdi. Passei 12 hrs no Pronto-socorro esperei por mais de seis horas o ortopedista sobre prancha de imobilização com um estrago feio nas costas. Não teve fratura. Eu olhava rostos e situações. Pensava em recordações das mariposas na infância, pensava nas preces do shabbat, pensava em dizer algo a quem estava do meu lado. Sentia o furor da chuva lá fora.Foram muitas pessoas e fiquei só na sala de traumas e na angústia de talvez ter que entrar em cirurgia e não precisou. Houve uma moça acidentada. Conversei com ela coisas da vida animando seus momentos. Eu mesma não havia visto minhas costas. Ela teve alta e veio até mim, ela havia visto, e segurou minha mão e chorou por mim o que eu não fazia e me agradeceu comovida pelas palavras que eu disse a ela. Aconteceram coisas surreais e me pareceu uma incumbência para mim porque é absurdo dois acidentes assim seguidos.

Eu estou confiante mas ciente e não é fácil estar no hospital enquanto lançavam em Portugal uma coletânea com textos meus. Mas fiquei feliz e dei sorte no azar.

Senti falta de pessoas e comecei a pensar que nos próximos dois meses terei que trabalhar fora dos meus habitats.

Hoje quero agradecer aos meus leitores cheguei a 4994 acessos em 2017 e fui lida em 35 países!!!! É um grande mérito!! Me ajudou a coragem de seguir meu caminho e certamente haverá ou há de haver a chance de publicação. Eu pensava espantada em ver gente de tantos países maravilhosos e curiosa como alguém da Albânia, Coreia do Sul, Malta, Croácia, India, Malásia, Africa do Sul, Moçambique, e todos as nações… Tantos acessos da espanha que supera de longe os meus amigos mais próximos.

Enorme Gratidão!!! Abraços cordiais!

Mara

Eu volto! Calma que eu volto.

Desculpe o poeminha pobre hoje.😀🖖🏻