Não mais

 

Seu silêncio não me machuca mais.

Nem menos que a expectativa de um sorriso.

Por mais que sais de banho

lavem todo sentimento de inquietude.

Um desassossego como uma tosse de pigarro,

tange uma necessidade pacificadora.

De tão simples, os aconchegos amigos nunca acontecem.

Desfalece aquela esperança de paz.

Um sono cansado é sorvido em taça de plástico,

como a amizade que não é cama de elástico ou um

doar unilateral eterno.

Saudade mesmo é do coração materno.

 

Mara

08/04/16 10:19