Um desejo

Um desejo

 

Se tem um lugar que quero

É estar no teu licor de cereja

Poder deitar na tua língua

Escorregar na tua garganta

Poder ouvir de dentro tua voz

Rouca em noz moscada

e ardida de pimenta

 

Quero ser um rio de tinta

azul permanente

a desenhar em tuas linhas da mão

minha sorte convergente

 

Quero estar na cor da tua unha

Respirar o piscar dos olhos

Tanger o dedo na sobrancelha

Para cair junto à cachoeira dos teus cabelos de água

 

Quero misturar barro com as mãos

Fazer pinturas tupis nas tuas costas

Sentir por um minuto teu calor

Pintar teus lábios de digitais

 

Quero me diluir em sombras

Esconder-me em grutas perto dos ouvidos

Contornar o caminho dos olhos

e poder amarrar este brilho em mim

 

Mara Romaro

04/06/2017 11H

Anúncios

2 comentários

  1. Alda M S Santos · 23 dias atrás

    Lindo!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s