Diário dos dias nebulosos – Condensação noturna

| 26 de fevereiro de 2019 | 12:58|Músicas: Path 17, Dream 0, The end of all our exploring, On the nature of Daylight – Max Richter |Ida a Joinville, dia após a lua cheia

 

 

Deslizavam o chão, as árvores, as luzes, como rastros intocáveis permaneciam em um átimo, entre uma fala que se abafava longínqua, em pequenos ecos desapercebidos por detrás da cortina de tristeza. Minúsculas gotículas alteravam o vidro em sua transmissão.

A lua então se calara. Rosto que me sorriu decrescia os tempos, retroagindo os momentos recolhidos nos rastros de pneu que porventura meus olhos percebessem que se formassem.

Read More

Diário dos dias nebulosos – Dissipação

|18 Fevereiro 2019 23H  23:50| Serendipity – Gary B | Ritual – Matt Lange remix – Delerium

 

Sentada diante do vidro leitoso, sem reflexos ou resquícios de meu semblante, da ruga e meu propósito atenuado.

Horas brandas inexatas, em tilintar ou gotejar persistente da réstia da chuva pendente, um frio que em abafar precede o girar dos meridianos.

Estonteante dor me circula enquanto me giro procurando a visão clara sonâmbula inversa. Eu ainda estava antes da neblina densa em fog, um grito estridente emitido das Read More

O gosto do vento

[ Poema Novam Scripturam – Mara Romaro  – Imaterialidade – arte simultânea – previamente agendado]

 

[Notar que as palavras provocam sons ressaltados em S e R a imitar o sopro do vento marítimo.]

2019_Litterae_Mara_Gosto do vento

Todos os direitos são reservados
Obrigada por ler!

 

Beijo dilacerado

| 12 Fevereiro 2019 12:55 | If I Say – Mumford & Sons, Natural cause – Emancipator | Estímulo: Dança e imagem da pintura Beijo – óleo 31 dez 2018 Mara Romaro

Na hora escura do umbigo da noite
Senti
como se olhar queimasse
esgueirado no vale do peito dos degraus da escada
Verniz perene dos brilhos lustros de cada passo
O silêncio do olhar me arranhou
como suas sombras que dançaram em cantos
nos gemidos estalados das ânsias
Read More