Lago verde

(22/03/2018 12:27)
Vens, querida raiz de musgo, visgo oculto em uma vida própria serpenteada. Tão linda vida.
Os mistérios me envenenam de estranhas fumaças, na noite, nos ares carregados na palha no bico de garça.
Mistérios em tapetes persas, em águas que fogem à temperatura, elas contrariam o curso natural, se esverdejam, se espalmam, conversam comigo na noite de mistérios.
Eu tento pegar seus brilhos, minhas mãos tocam paredes escondidas das costas revestidas por um robe atoalhado. E sinto uma textura morna, quando estendo dedos de
lamento.
Read More

Anúncios

Estrela das Águas

(12 de Mar 2018. 16:56. \ Caderno azul de couro \ anotações no caderno de bolso Herbário
Música: Das Leichesteste der Welt – Silbermond)

Não afoguei, o que me cobria na noite
Poeira das estrelas, pólens de deuses desta Zênite
Um murmúrio sagrado iluminado
Eu deitada senti, ouvi, mãos entrelaçadas em rizomas
nessa cama circular da Irupé
Sons guturais proferidos sem idioma
Navegava Navegava
Read More

Tocar da Fragrância Ametista

(09 Mar 18. 21 a 22:47H caderno azul de couro)

“mais deliciosos que o vinho

são teus amores e o odor de teus perfumes

excede o de todos os aromas” – Cântico dos Cânticos

Uma chuva que não havia
o chiado de cotovia
restos da purpurina em meus lábios
a madrugada quase fria
das primeiras luzes
Nunca é igual a hoje
somente cores da melancolia
levei os desenhos rosa
desenhos como nunca desenhados
esboços coloridos púrpura que minhas mãos
não podiam
muito tempo o desenho desenhado
nas primeiras notas da fragrância
Um perfume que vinha
exalava por detrás da minha íris
Read More

BeijoTe

BeijoTe

(23 Fev 18 12h | Música: Marisi – Cantoma, Anew – Ed Carslen | à meia voz, à meia luz, à meia-noite)

No leite morno da noite

                         uma calda debruça

                                me olha dentro

               de uma folha penumbra

um lacrimejo gemido destemido

     nas minhas orlas manguezais

Lençóis de nuvens – Canção de ninar

Meus ouvidos acariciados como couro de bumbo

e grunhidos das águas areais

Minha borboleta rubi pousa nos cílios

sem encostar a nuca

BeijoTe                         em linha de contorno

BeijoTe            sussurros de concha acústica

Read More